Forests for Water Project

Program: Natural Resource Management | Code: F4W | Coordinator: Arielle Canedo

The Issue

We all know that the current state of the environment is nothing less than critical. Issues such as climate change, deforestation and generation of huge amounts of waste are always appearing in the media, and many of us are working on ways of dealing with them before it’s too late.

The issue is so urgent that what used to be called global warming is now considered as a climate crisis. And if nations don’t honor their commitment to reduce carbon emissions by 45% before 2030, global temperatures will rise by 1.5 degrees Centigrade by the end of the century. (IPCC – 2018) If this happens there will be irreversible damage to the environment, with dire consequences to our lifestyles.

Fortunately, there is still time to reverse this trend and one of the most popular ways of doing so is through ecological restoration, or reforestation. We need to plant 900 million trees by 2050 if we are to diminish the level of carbon emissions which are so dangerous to life on earth. It has been amply proven that reforestation is the most efficient and quickest way of rebalancing our environment, and it’s vital that we get to work, the sooner the better.

In Brazil, as in other countries, one of the effects of the climate crisis is shortage of water, directly affecting the lives of 46 million people. Continued deforestation along with this water shortage will result in an ever deteriorating situation. Research reveals the loss of vegetation cover: 20% of the Amazon forest, 45% of the dry forest, 50% of the savanna and 93% of the Atlantic Forest – along with its extraordinary biodiversity. We need to take action immediately.

Cerrado

50%

Caatinga

55%

Amazônia

80%

Mata Atlântica

7%

Part of the remaining 7% of Atlantic Forest is the Serra do Brigadeiro State Park, located at the northern end of the Mantiqueira range- an area of great importance to us which shelters some of the best remaining forest in the state of Minas Gerais.

It also acts as a water pump which feeds into the river basins of the Paraiba do Sul and the Rio Doce.

The Challenge

The river basin of the Muriaé river – which flows into the Paraiba do Sul, covers an area of 8.200 km², including 26 counties, (19 in the state of Minas Gerais and 7 in Rio de Janeiro). Yet only 4.3% of this area is under forest cover, which leads to rapid rainwater runoff which, instead of infiltrating the soil and feeding into the water table, causes floods and widespread damage.

bacia-rio-muriae

The challenge is to reverse the impacts caused by the loss of vegetation cover in this river basin, in order to put a stop to the problem of water shortage and springs that dry up during the dry season. This affects the lives of everything that relies on water: plants, animals and people. In addition to this we are facing the problem of bauxite mining which threatens the delicate ecological balance of the park and its buffer zone.

What Can We Do?

Without trees there is no water, and without water there is no life. So if we plant trees, we plant water. It’s a joint effort, ourselves and local communities, working together to attack the problem at its root. At the Iracambi Forest Nursery we grow tree seedlings to be planted above the springs and along the river banks on family farms in the region. In this way rainwater is prevented from runoff, vegetation cover is increased, and water resources are protected and restored.

0
Total de Árvores Plantadas
0
Meta de Árvores
R$
0
Meta de Arrecadação
R$
0
Arrecadação Total

The Project

Our flagship project consists of ecological restoration of the Atlantic Forest in the watershed of the Muriaé river. We’ve been working on it since 2000 in response to the growing demand for reforestation on family farms in the area. We’ve planted 110,000 trees to date, but that’s still not nearly enough. If we’re to save the planet we need to do a lot better.

Here’s where Forests for Water comes in. It’s a project 100% directed at reforesting on family farms in the watershed, offering tree seedlings, advice on organic fertilizers, a small stipend for participating families, help in planting and monitoring the results for two years.

Digital Monitoring

The project uses a system of digital monitoring to evaluate tree growth over two years. In this way we can be sure that the seedlings will grow well, play their part in recuperating water, stabilizing soils and improving air quality as they mature.

Our Partners

The project has been financed by many sources over the years. Our most recent support has come from the Sao Paulo Stock Exchange SocioEnvironmental Fund, as well as the crowdfunding GlobalGiving. As a result of this support we were able to plant 7,000 trees and restore an area of 20 acres of native forest on 30 family farms in three counties in the buffer zone of the State Park.

Previous funding support came from Brazil Foundation 2016/2017 enabling us to plant 10,000 trees on 23 family farms.

Planting Trees, Planting Water – Do your part!

Did you know that you too can be a part of Foressts4Water? With every $5 donated we can plant a rainforest tree and monitor its growth for two years. With your help we can plant more trees on family farms to restore water, create habitat for wildlife and help mitigate the effects of climate change through carbon storage.

banner-voce-pode-salvar-mata-atlantica-verde-min

Participating is very, very easy. There are three steps:

  1. Click here to access the Global Giving donation page.
  2. Choose how many trees you will plant.
  3. Make the payment.

When planting trees, the donated amount will be distributed as follows:

Planting and Monitoring for 2 years

86%

Community Communication and Mobilization

0.7%

Independent Financial Management

1.4%

Billing System Payment Fees

12%

Partners

Sponsors

Awards

O Cenário

No Brasil, desde o ano de 2014, vivemos uma crise hídrica, afetando 46 milhões de brasileiros, levando a 1.265 municípios de 13 estados do Nordeste e do Sudeste a decretarem situação de emergência. E um dos grandes vilões é o desmatamento como demonstrado nos percentuais de cobertura vegetal nativa que o Brasil possui hoje. Restam 80% da Amazônia, 55% da Caatinga, 50% do Cerrado e apenas 7% da Mata Atlântica, mas esse cenário pode e deve ser mudado. A Mata Atlântica tem pressa e precisa de você.

Cerrado

50%

Caatinga

55%

Amazônia

80%

Mata Atlântica

7%

Sem árvores não tem água, e sem água não tem vida. A Bacia do Rio Muriaé tem uma área de drenagem de 8.200 km², abrangendo 26 município, sendo 19 em Minas Gerais e 7 no estado do Rio de Janeiro e população estimada de 440 mil habitantes, mas, apenas 4,3% da área é coberta por Mata Atlântica e a grande maioria por pastagens, provocando o rápido escoamento da água da chuva, que deveria infiltrar e abastecer a caixa d’água (lençol freático) das mais de 7 mil nascentes estimadas no entorno do PESB que formam os principais rios da Bacia.

bacia-rio-muriae

O Desafio

Enchentes devastadores, erosão e perda da fertilidade do solo no período das chuvas e a falta de água, nascentes secando e acentuada diminuição de quantidade de água nos mananciais no período de estiagem são alguns dos principais impactos causados pelo elevado grau de desmatamento da Bacia do Rio Muriaé, principalmente na região de cabeceira, entorno do Parque Estadual do Brigadeiro – PESB, que além de tudo está ameaçado pela mineração de bauxita.

Plantar árvores, produzir água! Com a comunidade para resolver o problema pela raiz, de árvores nativas a serem plantadas em áreas de recarga d’água, nascentes e matas ciliares prioritárias, localizadas na cabeceira, entorno do PESB para ampliar a absorção da água da chuva, aumento da cobertura vegetal e a produção de água para abastecimento da população e atividades econômicas na Bacia do Rio Muriaé.

20000

Meta Total de Árvores

8000

Árvores Plantadas

400000

Meta Total (R$)

33109

Arrecadado (R$)

0
Meta de Árvores 2018
0
Árvores Plantadas
0
Meta Total (R$)
0
Arrecadado (R$)

O Projeto

Para reflorestar e recuperar as mais de 7 mil nascentes ameaçadas da cabeceira da Bacia do Rio Muriaé, entorno do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, será necessário plantar mais de 1.7 milhões de árvores nativas, em uma área total de 1.613ha, distribuídas em pequenas propriedades de agricultores familiares.

O crescente aumento da demanda de agricultores familiares das comunidades pelo reflorestamento e proteção de nascentes, somado a experiência de Iracambi em restauração florestal, com o plantio de mais de 100 mil árvores em projetos de reflorestamentos nos últimos anos, gerou em 2015 a necessidade de criar o projeto Florestas para Água para enfrentar estes grandes desafios.

Até o final do ano, o projeto já terá atendido 20 proprietários na recuperação de 32 nascentes com o plantio de 8.000 mudas de arvores nativas, graças a parceria com e Brazil Foundation e doações individuais de pessoas que acreditam e apostam nos resultados do projeto, que vão muito além de plantar árvores para produzir água, plantando também consciência ambiental em todos os processos com todos os envolvidos.

Nós podemos e devemos fazer muito mais, por isso o projeto tem como primeira meta plantar 20 mil árvores para restaurar 80 nascentes na cabeceira da Bacia do Rio Muriaé, uma das principais sub-bacias do Rio Paraíba do Sul, que abastece os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Esquema áreas recarga nascentes PNG

Plante Árvores, Produza Água! Faça parte!

Com a sua ajuda, vamos plantar árvores e recuperar áreas de recarga d’água, nascentes e matas ciliares na caixa d’água da Bacia do Rio Muriaé, entorno de PESB. Com apenas R$ 20, você pode fazer parte desse projeto garantindo o plantio de 1 árvore e seu monitoramento por 2 anos, além de colocar seu nome na nossa floresta. Ajudará desde a colheita das sementes para produção das mudas nativas, com identificação de proprietários interessados e estudo das áreas, até os plantios de árvores e monitoramento das áreas por dois anos.

banner-voce-pode-salvar-mata-atlantica-verde-min

Participar é muito, muito fácil. São dois passos:

  1. Escolha o valor da sua contribuição e sua recompensa ao lado
  2. Escolha a forma de pagamento, boleto ou cartão de crédito (parcele em até 6x com parcela mínima de R$ 25).

Você será redirecionado para o site da Kickante, é um site seguro e é um dos maiores sites de crowdfunding do mundo arrecadando fundos para causas nobres no Brasil afora e tirando muito projeto sensacional do papel.

bg-promotional-topbar1

Ao plantar árvores, o valor doado será distribuído da seguinte forma:

Plantio e monitoramento das mudas por 2 anos

86%

Plantio e Monitoramento por 2 anos

86%

Comunicação e Mobilização

0,7%

Comunicação e Mobilização

0.7%

Gestão financeira independente

1,4%

Gestão Financeira Independente

1.4%

Comissão e taxas de pagamento de Crowdfunding (Kickante)

12%

Comissão e taxas de pagamento de Crowdfunding

12%

Plante Árvores! Produza Água!

8.000 árvores da meta de 20.000

40%

99 plantadores

R$20

Plante 1 árvore

Contribuindo com R$20 você planta 1 árvore: plantio + monitoramento por 2 anos + seu nome na nossa floresta.

R$40

Plante 2 árvores

Contribuindo com R$40 você planta 2 árvores: plantio + monitoramento por 2 anos + o nome de 2 amigos na nossa floresta #planted4you ou “#forest4you?”, cadastre seus amigos através de www.iracambi.com.

R$150

Plante 6 árvores + Beija-flor

Contribuindo com R$150 você planta 6 árvores: plantio + monitoramento por 2 anos + Beija-flor em papel marche exclusivo de Iracambi + o nome de 6 amigos na nossa floresta #planted4you ou “#forest4you?”, cadastre seus amigos através de www.iracambi.com.

R$200

Plante 10 árvores

10 árvores: Contribuindo com R$200 você planta 10 árvores: plantio + monitoramento por 2 anos + o nome de 10 amigos na nossa floresta #planted4you ou “#forest4you?”, cadastre seus amigos através de www.iracambi.com

R$250

Plante 10 árvores + Beija-flor

10 árvores + Beija-flor: Contribuindo com R$250 você planta 10 árvores: plantio + monitoramento por 2 anos + Beija-flor em papel marche exclusivo de Iracambi + o nome de 10 amigos na nossa floresta #planted4you ou “#forest4you?”, cadastre seus amigos através de www.iracambi.com

R$500

Plante 25 árvores

25 árvores: Contribuindo com R$500 você planta 25 árvores: plantio + monitoramento por 2 anos + Plantio F4W para você: Palestra sobre mata atlântica + Plantio de árvores in loco – em Rosário da Limeira – MG *** custos de transporte, alimentação e hospedagem por conta do doador *** confirmar presença por e-mail. Data prevista dez/2017

R$1.000

Plante 50 árvores

50 árvores: Contribuindo com R$1.000 você planta 50 árvores (umas nascente): plantio + monitoramento por 2 anos + Plantio F4W para +1 pessoas: Palestra sobre mata atlântica + Plantio de árvores in loco – em Rosário da Limeira – MG *** custos de transporte, alimentação e hospedagem por conta do doador *** confirmar presença por e-mail. Data prevista dez/2017

R$2.000

Plante 100 árvores

100 árvores: Contribuindo com R$2.000 você planta 100 árvores: plantio + monitoramento por 2 anos + Plantio F4W para 2 pessoas: Palestra sobre mata atlântica + plantio de árvores in loco – em Rosário da Limeira – MG *** custos de transporte, alimentação e hospedagem por conta do doador *** confirmar presença por e-mail. Data prevista dez/2017